Biodiversidade - Sumário GRI

INFORME OS HABITATS RESTAURADOS OU PROTEGIDOS

AspectosParanáSanta CatarinaSão Paulo
Tamanho das áreas em km299.72 km²81,97 km²2.16 km²
LocalizaçãoAPP de fazendas sob gestão da empresaAPP de fazendas sob gestão da empresaAPP de fazendas sob gestão da empresa
Medidas de restauração foram aprovadas por especialistas externos independentes?Sim, empresa terceira Casa da FlorestaSim, Universidade do Estado de Santa Catarina (UDESC)Sim, empresa terceira Casa da Floresta
Parcerias com terceiros para proteger ou restaurar áreas de habitat diferentes daquelas nas quais a organização supervisionou e implementou medidas de restauração ou proteçãoPrograma Matas LegaisPrograma Matas Legais--
Status de cada área com base em sua condição no final do período coberto pelo relatórioEm diferentes estágios de recuperaçãoEm diferentes estágios de recuperaçãoEm diferentes estágios de recuperação
Normas, metodologias e premissas adotadasControle de espécies exóticas invasoras, condução de regeneração natural e pontualmente, plantio de mudas espécies nativasControle de espécies exóticas invasoras, condução de regeneração natural e pontualmente, plantio de mudas espécies nativasControle de espécies exóticas invasoras, condução de regeneração natural e pontualmente, plantio de mudas espécies nativas

NATUREZA DOS IMPACTOS DIRETOS E INDIRETOS NA BIODIVERSIDADE

2021
AspectosDescrição dos impactos
Construção ou uso de fábricas, minas e infraestrutura de transportesPara a operacionalização das atividades florestais é necessário a construção e manutenção de estradas rurais. Para isso, existem procedimentos que orientam as melhoras práticas com o intuito de mitigar os impactos advindos dessa operação. Em casos pontuais, são associadas ferramentas de acompanhamento da área ambiental.
Poluição (introdução de substâncias que não ocorrem naturalmente no habitat, oriundas de fontes pontuais e não pontuais)Anualmente uma equipe multidisciplinar revisa o documento de aspectos e impactos ambientais associados às operações florestais. Nesse documento são previstas ações de mitigação relacionadas ao tema.
Introdução de espécies invasoras, pragas e agentes patogênicosUtilizamos espécies exóticas para plantios comerciais. Nos casos de plantios para recomposição de área, são utilizadas espécies nativas. Há equipes dedicadas à atividade de eliminação de espécies exóticas invasoras das áreas de preservação permanente e vegetação nativa.
Redução de espéciesSão contratadas consultorias especializadas para realização de levantamentos periódicos de fauna e flora, visando a identificação de quaisquer alterações no ambiente em função do manejo florestal adotado. Não foram constatadas alterações negativas para os parâmetros avaliados.
Conversão de habitatsNão se aplica, exceto para áreas de conversão de florestas plantadas para áreas de recuperação ambiental. Essa atividade pode ocorrer para restaurar funções ecológicas, maximizar os impactos positivos de corredores ecológicos e incrementar procedimentos de manutenção de recursos hídricos.
Mudanças em processos ecológicos fora da faixa natural de variação (ex.: salinidade ou mudanças no nível da água subterrânea)O conceito de "hidrossolidariedade" foi implementado na unidade florestal do Paraná, e será aplicado também às unidades de Santa Catarina e São Paulo. Esse processo considera o consumo de água das florestas ao longo do seu ciclo produtivo de modo a não afetar negativamente bacias hidrográficas vizinhas. Ou seja, a disponibilidade de água deve ser garantida para as florestas, ecossistemas e comunidades vizinhas.

Informe os impactos diretos e indiretos significativos, tanto positivos quanto negativos, em relação a:

2021
AspectosImpactos diretos e indiretos
Espécies afetadasNo cenário de manejo florestal, o impacto negativo em relação às espécies de flora nativa pode acontecer por conta da competição por luz e nutrientes quando há invasão de espécies exóticas em áreas de vegetação nativa. Quanto ao impacto positivo, pode-se citar a conectividade dos fragmentos florestais que contribui para o livre deslocamento da fauna.
Extensão de áreas impactadasA área florestal sob manejo da Klabin totaliza aproximadamente 625 mil hectares. Por mais que esteja suscetível a impactos da operação, sua gestão é pautada no conceito de mosaico florestal que consiste em plantios de pínus e eucaliptos entremeados às áreas de florestas nativas conservadas e preservadas. Esse conceito garante a conservação da fauna, flora, solo e recursos hídricos.
Duração dos impactosContínua
Reversibilidade ou irreversibilidade dos impactosQuando uma não conformidade é identificada em campo, a operação é acionada para que providencie as tratativas iniciais, análise da ocorrência e necessidade de revisão ou elaboração de procedimento operacional.

Atualizado e verificado em: 20/06/2022